Como é feita uma História em Quadrinhos? | Da criação à impressão

By

Em 30 de janeiro é comemorado o dia Nacional da História em Quadrinhos no Brasil, isso porque a primeira história em quadrinhos ganhou espaço nas bancas a partir de 30 de janeiro de 1869, com as histórias do cartunista Angelo Agostini.

 Com o passar do tempo, mais quadrinhos foram ganhando espaço no coração dos brasileiros, e revistinhas como “O Menino Maluquinho”, “A Turma do Pererê” e “Turma da Mônica” são populares até hoje. Anos mais tarde, a AQC-ESP (Associação dos Quadrinistas e Cartunistas do Estado de São Paulo) instituiu o dia 30 de janeiro como o Dia Nacional das Histórias em Quadrinhos no Brasil.

 Mas você já se perguntou como funciona o processo de criação de uma história em quadrinhos? Se você ainda não a conhece, confira agora como funciona toda a linha de produção, da criação até a impressão.

 Roteiro

O primeiro passo para a criação de uma história em quadrinhos é o roteiro. A equipe de criação pode ser constituída por um ou mais roteirista, o responsável por desenvolver as histórias.

É função também do roteirista indicar ao cartunista, o artista responsável pela criação dos desenhos, o que acontecerá em cada cena através de um roteiro de criação. Nele, momentos de ação, clímax e demais instantes da história são devidamente pontuados.

 Storyboard

Após a roteirização do quadrinho, o storyboard começa a ser desenvolvido. Essa é uma das partes mais importantes do desenvolvimento e é quando o quadrinho começa a ganhar vida visual, os primeiros esboços são feitos e tudo começa a ganhar forma. Confira um exemplo de storyboard.

É importante se atentar durante a produção do storyboard para que as imagens criem uma estrutura narrativa, o que permitirá que a história se complete e proporcione uma boa experiência ao leitor.

Arte

Após a finalização e aprovação do storyboard, o artista finaliza a arte de todo o quadrinho, criando assim um mundo rico em detalhes, cores e perspectiva, sendo responsável por transmitir de forma visual toda a carga emocional da história para o leitor.

Depois de finalizada, a arte é digitalizada e enviada para o computador, onde com o uso de programas e softwares avançados o artista pode editar alguns aspectos importantes para a impressão.

 

Impressão da história em quadrinhos

A impressão da arte é uma das últimas etapas na criação de uma história em quadrinhos, e é totalmente indispensável. Caso haja problemas na qualidade de impressão da HQ, todo o trabalho anterior pode ser invalidado.

Ao finalizar a arte e salvar o arquivo, a equipe de produção o envia para a gráfica responsável pela impressão.

 

Veiculação

A última parte do processo, embora não esteja ligada diretamente à criação, é a sua veiculação. Após roteirizar, criar, editar e imprimir a história em quadrinhos, a HQ vai para a veiculação para ser vendida em bancas de jornais, websites e lojas especializadas.

 A Gráfica Forma Certa imprime quadrinhos?

Sim, a Gráfica Forma Certa realiza a impressão de livros, livros infantis e quadrinhos. Já tivemos o prazer de participar da produção de um dos quadrinhos mais famosos e importantes de nosso país, a Turma da Mônica. Além disso, possuímos o selo de qualidade Disney e somos certificados a realizar a impressão de materiais da companhia.

 Conte conosco para realizar uma impressão de qualidade, valorizando e validando todo o seu processo criativo. Entre em contato conosco agora mesmo clicando aqui ou ligue para nós Tel: (11) 2081-6000.

Leave a Comment

Your email address will not be published.

dezenove − nove =

You may also like