Como explorar a criatividade?

By

De modo geral, muitas pessoas já parecem nascer extremamente criativas. A criatividade aflora em certas pessoas quase que como um dom e ideias maravilhosas surgem dessas pessoas a todo momento. Mas, por outro lado, é certo também que todos nós podemos exercitar sermos mais criativos. Isso mesmo: A criatividade é um dom, mas ela também pode ser ensinada, treinada e evoluída. Separamos algumas dicas para você ser mais criativo!

 Esteja aberto a novas soluções

Pessoas criativas estão sempre à procura de novas soluções. Lembre-se: é resolver problemas com o que conhecemos, mas de forma inesperada. Você pode praticar, potencializando a sua curiosidade e resistir aos estereótipos.

Trabalhe o bom humor! Pesquisas indicam que pessoas que se descrevem como bem humoradas tendem a perceber mais possibilidades do que as pessoas infelizes, e também aproveitam melhor novas oportunidades porque são curiosos.

 Entenda o público do seu cliente

É imprescindível que você entenda todos os hábitos dos consumidores. Pesquise sobre sua classe social, idade e costumes gerais. Entenda a maneira como o público alvo se comunica entre si.

Pense em besteiras também

Da quantidade de ideias é que sai a qualidade. Não economize insights, deixe-os fluírem sem julgamentos ou censura. A espontaneidade estimulada resulta em constante brainstorming em relação ao mundo. E é dela que nascem as invenções revolucionárias. Crie associações entre as ideias, as mais malucas provavelmente serão as melhores. Relacione ideias que nunca foram pensadas juntas. Isso gera novas ideias.

 Saia da zona de conforto

Sair da sua zona de conforto te permite pensar em ideias de uma maneira mais livre, sem as “amarras” que adotamos e nos acostumamos. A experiência é ótima, mas ela pode nos limitar. Uma criança tem ideias fantásticas porque ainda está experimentando o mundo, portanto tente algo novo, algo que você não conhece.

 Faça um estudo de cores

Pesquisas apontam que imagens coloridas atraem mais a atenção do público. Leve em consideração o posicionamento da marca para encontrar os tons adequados ao projeto. Um cartão de visita para um buffet infantil pode conter cores alegres e figuras divertidas. Já um folder para um escritório de advocacia combina com elementos minimalistas e sóbrios para uma identidade visual mais sólida e corporativa.

 

Leave a Comment

Your email address will not be published.

dezoito − treze =

You may also like