Outubro Rosa: Todos juntos contra o câncer de mama

By

O câncer de mama é o tipo de câncer mais comum entre as mulheres brasileiras. Depois dos casos de câncer de pele não melanoma, é o segundo tipo mais frequente na população mundial. O câncer de mama caracteriza-se pela presença de um tumor maligno que se desenvolve devido a alterações genéticas nas células mamárias. Se diagnosticado e tratado precoce e corretamente, o prognóstico é positivo e a chance de cura é alta. Apesar de serem diagnosticados em poucos casos, os homens também devem ficar em alerta quanto aos possíveis sintomas da doença. 

 

Como é realizado o diagnóstico? 

 

Uma investigação diagnóstica de um nódulo é realizada por meio da mamografia e do autoexame. Não há idade limite para a realização da mamografia de investigação. A realização do autoexame é prática e pode ser realizada pela própria pessoa em seu ambiente domiciliar. Para informar sobre os procedimentos de realização do autoexame, inúmeras clínicas e sites especializados fornecem o passo a passo do exame. 

 

O ultrassom das mamas pode servir como complemento aos demais exames, pois ajuda a diferenciar cistos de nódulos. 

 

Tratamento 

 

O tratamento para o câncer de mama consiste na remoção total ou parcial de um dos seios afetados. Entretanto, em alguns casos a cirurgia é combinada com outros medicamentos. A escolha do tratamento depende de alguns fatores, tais como a presença ou ausência de receptores hormonais, estado do tumor, saúde e perfil do paciente.

Leave a Comment

Your email address will not be published.

nove − 4 =

You may also like