Quais as características de um bom designer?

By

Saber conversar

Mesmo que você seja tímido, você tem que saber expressar sua opinião para convencer as pessoas a comprarem sua ideia. Solicitar informações, dar informações, tirar dúvidas fará parte da sua rotina de trabalho. Seja o mais claro, conciso e assertivo possível.

 

Ter uma grande ética de trabalho

Este ponto é comum a qualquer profissão. A ética de trabalho é algo de extrema importância seja em que profissão for. Na profissão específica de designer, é muito fácil perder esta ética. Não havendo horários estabelecidos e, por vezes, não havendo trabalho todos os dias, é “simples” perder total noção dos horários.

 

Estar antenado com novidades

Design é uma área que muda muito rápido. Se você quer se tornar um bom profissional e quer ficar bem colocado na área, buscar referências é importantíssimo. Se informe, visite sites sobre design, siga profissionais que são importantes dentro da sua área de atuação, esteja sempre em sites especializados de portfólio para ver o que outros profissionais estão fazendo e seja sempre bem informado. Ter boas referências é muito importante para conseguir fazer um trabalho de qualidade.

 

Estilo

O estilo pode ser reconhecido como a assinatura de um designer. Como todo projeto é único, seu estilo tem que deixar uma marca na mente do público. A maioria dos designers, (especialmente os novatos) tendem a adotar uma ampla gama de estilos. Para dominar completamente um estilo, é necessário realizar buscas em sua história.

 

Expor pensamentos e soluções de seus projetos

Um trunfo importante para um profissional habilidoso é a sua capacidade de tornar algo que é deficiente ou incompleto em algo notável. Um designer gráfico deve ser lúcido sobre a descoberta e produzir a imagem que as outras pessoas estão tentando expressar com palavras e desejo.

 

Conheça bem o Processo Gráfico

Você deve adaptar sua arte ao processo gráfico, e não o contrário. Procure saber as limitações do processo usado na reprodução do seu material e respeite-as, seja flexografia, offset, serigrafia ou mesmo web. Aqui tem algumas dicas muito úteis.

Talento Inegável

Num mercado tão concorrencial como o do design (sejamos sinceros, hoje qualquer pessoa com Photoshop se considera designer) não é preciso SÓ ser-se bom; é preciso ser-se fantástico! O talento não é tudo mas ajuda!

Leave a Comment

Your email address will not be published.

dezoito + nove =

You may also like